Identificamos 6 frases proibidas em currículos, veja

As frases proibidas em currículos são um risco para quem quer atrair um recrutador. Mas antes de falarmos delas, é preciso destacar que no currículo é preciso falar o essencial, de forma atraente, em pouquíssimo tempo ou espaço.

“O CV é uma peça de propaganda em que ele vai ‘vender’ suas competências e atiçar a curiosidade do recrutador para que ele queira chamá-lo para uma conversa presencial”. Foi o que disse o diretor da consultoria Gábor RH, Ricardo Karpat.

O sucesso do currículo depende em grande parte do cuidado coma linguagem. Se a escolha de palavras ou expressões for infeliz, pode sujar a imagem de um profissional.

Se atente para as frases proibidas em currículos para qualquer área

1. “Sou persistente / criativo / motivado / dinâmico / determinado / etc”
Incluir elogios direcionados a si mesmo no currículo é uma péssima ideia, segundo Thayane Fernandes, especialista em comunicação no VAGAS.com.

2. “Estou disponível para qualquer área da empresa”
De acordo com Fernandes, essa é a pior forma de completar o campo “Objetivo profissional”. Candidatos dispostos a assumir qualquer cargo transmitem pressa e desespero.

3. “Saí do meu emprego anterior porque…”
Foi demitido por causa de um grande corte ou reestruturação na empresa, e não porque o seu desempenho era mal avaliado? O currículo não é o lugar certo para apresentar essas justificativas.

4. “Pretendo cursar MBA / pós-graduação / inglês”
Também não vale registrar planos no currículo. “Fale sobre qualificações que você já obteve, experiências que já teve, resultados que já alcançou”, diz Karpat.

5. “Jogo pelo time / Penso fora da caixa / Gosto de mão na massa”
De acordo com o diretor da Gábor RH, é importante limpar o seu currículo de chavões e frases batidas do mundo corporativo. Além de não dizerem nada, essas expressões podem soar artificiais e até ridículas.

6. “Conquistei muitos / vários / diversos clientes para a empresa”
Quantificadores indeterminados como “muitos”, “vários” ou “diversos” devem ser evitados, porque podem soar vagos, exagerados ou até mentirosos.

Fonte: Exame

Deixe uma resposta