Aluguel de patinetes elétricos pelo Uber chega a SP

O aluguel de patinetes elétricos pelo Uber chegou a cidade de São Paulo no início deste mês. O serviço permite fazer o desbloqueio gratuito dos veículos por meio do aplicativo para Android e iPhone (iOS). Entretanto, o transporte custa R$ 0,90 por minuto de uso, com valor promocional diferenciado. O aluguel está disponível nos bairros Vila Olímpia, Moema, Itaim Bibi, Vila Nova Conceição e Jardim Luzitânia. Há previsão de expandir a área de acordo com demanda.

O serviço de aluguel de patinetes elétricos pelo Uber é integrado ao Uber Transit. Isto é, há o fornecimento de informações sobre o transporte público de São Paulo para que o usuário escolha a melhor alternativa de veículo.

O aluguel deve ser feito pelo aplicativo principal da empresa, também utilizado para solicitar viagens em carros particulares ou delivery de comida no Uber Eats. Assim, os usuários podem localizar os veículos na rua e escanear o QR Code para fazer o desbloqueio.

Outra possibilidade é a reserva de patinetes, que deve ser feita até 15 minutos antes da utilização. O Uber indica que, ao final do passeio, os veículos devem ser estacionados dentro da área de atuação e evitar o bloqueio da passagem de carros e de pedestres.

Em São Paulo, os veículos concorrem diretamente com a Grow, que oferece as patinetes com as marcas Rappi, Grin e Yellow. Outra empresa que oferecia serviço similar, a Lime, anunciou recentemente o fim das operações no Brasil.

Ademais, São Paulo é primeira capital da América Latina e a segunda cidade do Brasil a receber o serviço de patinetes elétricos da Uber. O serviço começou a operar em fase de testes na cidade de Santos, no litoral paulista, no mês de dezembro de 2019.

Lugares que fazem o aluguel de patinetes elétricos pelo Uber

Os chamados serviços sustentáveis do Uber estão disponíveis em mais de 30 cidades de países como Estados Unidos, França, Alemanha e Portugal. Nesses locais, a Uber opera tanto os serviços de aluguel de bicicletas elétricas como também o de patinetes elétricos. Este, podem ser encontrados em cidades como Paris, Madrid, Lisboa, Malaga, Berlin, entre outras dez cidades dos Estados Unidos.

No Brasil, por hora, a empresa optou por iniciar apenas a operação dos patinetes e ainda avalia a melhor forma de ingressar com as bicicletas elétricas.

A saber, entre as normas de uso, está a utilização do capacete, que por hora será de responsabilidade do usuário, já que, na avaliação da empresa, cada pessoa tem um tamanho diferente de uso. Bem como, o usuário precisa se atentar sobre o estacionamento dos aparelhos, que não podem bloquear calçadas, garagens, rampas de acesso, entradas e áreas movimentadas.

Deixe uma resposta