Alunos da Uerj bancam estadia no Rio sem previsão de formatura

A crise estabelecida na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) tem deixado seus alunos estagnados. Sem a conclusão do curso, muitos perdem a chance de entrar no mercado de trabalho, o que acaba refletindo também nas despesas com estadia e alimentação.

Sem aulas desde o fim do ano passado, muitos alunos que vieram de fora do município ou do estado seguem sem perspectivas. Com o auxílio de familiares, as despesas são quitadas, mas sem retorno na educação investida, ao entrar para a graduação.

Ainda não há uma previsão concreta para o retorno do calendário acadêmico, nem de efetivação dos atrasados para servidores, terceirizados e bolsas de alunos.

Deixe uma resposta