Conta de luz vai ficar mais cara outra vez

A conta de luz ficará mais cara. Isso porque a bandeira tarifária adicionada na conta também será, assim como em outubro, a vermelha nível 2.
Além de ser a bandeira de nível mais alto no sistema criado em 2015, ela sofreu um reajuste excepcional de 43%, passando de 3,50 reais para 5 reais a cada 100 kWh. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) busca tornar o novo valor da bandeira fixo, mas o pleito ainda depende de aprovação.

A bandeira vermelha nível 2 é adicionada na conta de energia elétrica como forma de gerar receita para que as empresas de energia possam cobrir custos com termelétricas, mais usadas em períodos de seca, como o atual.

A bandeira tarifária é única para todos os consumidores. Não importa o quanto você economize, ela ainda será adicionada à conta de luz, de forma separada de outras taxas. Ela só será mais alta caso o consumo de energia da família ultrapasse 100 kWh.

Antes das bandeiras, as variações que ocorriam nos custos de geração de energia, para mais ou para menos, eram repassadas no reajuste tarifário anual da distribuidora. Mas o argumento da Aneel era que esse repasse causava muitas variações nos índices aplicados às tarifas. Com as bandeiras, ele se tornou único e permite que o consumidor visualize melhor por que o preço da conta oscilou, diz a agência.

Veja abaixo simulação de qual será o impacto do reajuste da bandeira na conta de luz para cinco níveis consumo:

CONSUMO     (KWH)              TOTAL DA FATURA SEM REAJUSTE TOTAL DA FATURA COM REAJUSTE
100                  R$ 54,16           R$ 55,95
200                  R$ 108,32        R$ 111,89
400                  R$ 256,33        R$ 264,79
500                  R$ 320,42        R$ 330,99
347                   R$ 222,37        R$ 229,71

A simulação não considera outras tarifas que vêm embutidas na conta. Como juros por atraso no pagamento e contribuições para a iluminação pública, que são definidas por cada município.

A conta também não inclui eventuais compensações pagas pelas distribuidoras que reduzem a conta de luz, que são devidas quando as empresas não cumprem as metas de qualidade definidas pela Aneel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com