Dinheiro vivo já não é usado por 4% da população, diz Banco Central

Cerca de 4% da população já não usa mais dinheiro vivo na hora de fazer compras ou pagar contas, mostra uma pesquisa feita pelo Banco Central.
O mesmo levantamento do dinheiro, realizado a partir de entrevistas com mil pessoas, mostra ainda que o uso do cartão de débito superou o do cartão de crédito.

A última pesquisa similar feita pelo BC, em 2013, mostrava que 100% dos entrevistados diziam usar espécie nas suas transações.

Na época, 35% dos entrevistados afirmaram usar também o cartão de débito como forma de pagamento. Esse percentual saltou para 52% na pesquisa feita em abril, de acordo com a autoridade monetária.

No caso do cartão de crédito, o número de entrevistados que citavam uso era de 39% em 2013, percentual que subiu para 46% na pesquisa atual.

Frequência do uso do dinheiro

Quando a pergunta da pesquisa foi de qual o meio de pagamento mais utilizado, a espécie é citado por 60% dos respondentes. O cartão de débito aparece em segundo lugar, com 22%, e em terceiro lugar o cartão de crédito, com 15%.

Atualmente, 48% da população recebe o salário ou pagamento através de depósito em conta corrente, poupança ou salário.

Entretanto, 29% das pessoas afirmaram ainda receber seus pagamentos em dinheiro. Somente 0,4% tem seu pagamento feito através de cheque, segundo a pesquisa.

Outros 22% não têm renda, e o restante não respondeu a pesquisa. Com informações da Folhapress.

Deixe uma resposta