Eleitores do PT e Bolsonaro são os mais convictos

No cenário sem Lula, os eleitores mantém Bolsonaro (PSL) e Marina Silva (Rede) na liderança. Alckmin chega ao terceiro lugar empatado com Ciro e Haddad.

Uma nova pesquisa eleitoral do instituto FSB Pesquisa, realizada a pedido do banco BTG Pactual, mostrou que os eleitores da candidatura do PT e do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) são os mais decididos em relação ao voto que pretendem concretizar no próximo dia 7 de outubro, data do primeiro turno das eleições.

Seja o ex-prefeito Fernando Haddad ou o ex-presidente Lula o candidato petista, 80% dos que declaram voto nos dois dizem que essa posição “é definitiva”. Assim, no caso do capitão da reserva, esse índice é de 73%.

Dessa forma, os números são muito superiores aos dos demais adversários com chances de avançar ao segundo turno das eleições e só se assemelham aos que estão decididos a anular, que são 74% no levantamento.

Assim, até o momento, menos da metade dos eleitores de Geraldo Alckmin (PSDB; 47%), Marina Silva (Rede; 44%) e Ciro Gomes (PDT; 42%), está convicto da posição que adota neste momento.

A situação se repete nos casos de Henrique Meirelles (MDB; 42%), Guilherme Boulos (PSOL; 31%), e Álvaro Dias (Podemos), 31%. Acima destes e abaixo dos líderes aparece o empresário João Amoêdo, candidato do Partido Novo. Dessa forma, dos eleitores de Amoêdo, 60% dizem que essa posição é a final para o pleito deste ano.

Deixe uma resposta