Forças Armadas reforçam a segurança nas ruas do Rio

O ministro da Defesa Raul Jungmann informou que as Forças Armadas voltarão a patrulhar as ruas do Rio pela segunda vez em 2017.

Agora, segundo o ministro, o efetivo do Exército, Marinha e Aeronáutica ficará até dezembro de 2018. No início de fevereiro, a pedido do governador Luiz Fernando Pezão, nove mil homens foram destacados para a função durante nove dias.

O contingente das Forças Armadas a ser utilizado nas operações não foi especificado

“Não precisamos de muitos recursos de fora (do estado). Só para dar um exemplo, a Vila Militar (na Zona Oeste), que é a maior unidade militar da América do Sul, tem 12 mil homens. Na totalidade das três Forças temos 35 mil homens (no estado)”, afirmou.

“Nós já estamos ativando um Estado-Maior Conjunto com Exército, Marinha e Aeronáutica para apoiar esse plano integrado (…). A essência deste plano é a inteligência para que você saiba onde está o comando do crime organizado.”

O governo federal vai desembolsar cerca de R$ 700 milhões para apoiar ações de segurança no Rio. A verba deverá ser usada para pagamento de insumos, como munições e até abastecimento de viaturas de polícia.

Os recursos não serão entregues para o governo do estado porque há temor de que sejam destinados a outras atividades. O dinheiro será usado ainda para garantir o trabalho da Polícia Rodoviária Federal, que controla as estradas para coibir o contrabando de armas e drogas, além de manter a atuação de agentes da Força Nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com