Jardim Botânico vai lançar aplicativo de realidade aumentada

Jardim Botânico lança ferramenta que conta com passeios por trilhas virtuais interativas e geolocalização dos principais pontos do parque.
O Jardim Botânico do Rio de Janeiro e a Fundação Banco do Brasil firmaram parceria para desenvolver um aplicativo de realidade aumentada, com passeios por trilhas virtuais interativas e geolocalização dos principais pontos para ser usado pelos visitantes do parque.

O secretário executivo do Ministério do Meio Ambiente, Marcelo Cruz; o presidente da Fundação Banco do Brasil, Asclepius Soares; e Besserman assinaram termo de intenção para o desenvolvimento do aplicativo, em solenidade no Museu do Meio Ambiente, na zona sul do Rio de Janeiro.

Uma empresa será contratada para produzir o aplicativo e transferir o conhecimento para os técnicos do Jardim Botânico

Uma empresa será contratada por licitação para produzir o aplicativo; e transferir o conhecimento para os técnicos do Jardim Botânico, que ficarão responsáveis pela manutenção do sistema. A previsão do presidente do Jardim Botânico é que o aplicativo poderá ser lançado no aniversário do parque, em junho de 2018.

O parque recebe cerca de 700 mil visitantes por ano e; o objetivo com o aplicativo é permitir que o público possa ir além da experiência contemplativa de caminhar entre as espécies conservadas e pesquisadas no jardim; por meio de trilhas interativas.

O secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente destacou que; o parque é também um centro de pesquisa e precisa colaborar com a democratização do conhecimento.

Deixe uma resposta