Metrô diminui tarifa devido a queda de passageiros e de faturamento

O metrô teve uma queda de 17,6% no número de passageiros. Com isso, deixou de transportar quase 20 milhões de passageiros pagantes.

O metrô também perdeu R$ 48,5 milhões da receita com a venda de bilhetes de janeiro a junho deste ano.

Para driblar a crise e atrair mais público o metrô anunciou uma nova investida

O valor da integração com os BRTs Transoeste e Transcarioca, que já tinha desconto, passará dos atuais R$ 7 para R$ 6,20.

Para usar o benefício, os passageiros devem usar qualquer cartão RioCard cadastrado, num intervalo de até duas horas entre a conexão. Sem desconto, o preço cheio seria R$ 7,90 (R$ 4,30 do metrô mais R$ 3,60 do ônibus).
Em nota, a Secretaria estadual de Transportes destacou que a redução da tarifa não envolve qualquer subsídio público.

Destacou ainda que “o BRT não concordou em conceder um desconto superior ao existente hoje”. O consórcio que opera os ônibus articulados afirmou que passa por uma profunda crise financeira, agravada não só pela falta de reajuste da tarifa este ano como pela redução de R$ 0,20 no valor da passagem. Que passou a vigorar este mês após ordem judicial. Por isso, afirma que não consegue oferecer desconto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com