Número recorde de candidatos indígenas disputará eleições

Um número recorde de indígenas disputará as eleições de domingo. Ativistas afirmam ser uma tendência diante da falta de cumprimento dos direitos indígenas.

O número de candidatos autodeclarados indígenas subiu quase 50%. Chegou a 131 este ano, contra 89 registrados nas eleições de 2014, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Há ameaças reais contra os nossos direitos territoriais”. Disse Valeria Paye Pereira, coordenadora-executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib).

O Brasil tem sido palco de diversas mortes por conflitos de terra, expondo o embate entre a preservação da cultura indígena e o desenvolvimento econômico. O cacique Mário Juruna foi o primeiro político indígena a chegar ao Congresso. Assim, ele foi eleito deputado federal em 1982 pelo PDT-RJ.

Uma das candidatas mais promissoras da votação de domingo é Joenia Wapichana. Advogada de Roraima e candidata a deputada federal pela Rede-PR, ela atua na defesa dos direitos dos povos indígenas há mais de duas décadas.

“Nunca tinha entrado na política, nem tinha partido político. Mas achei o desafio oportuno e aceitei o convite. Os nossos direitos estão sendo ameaçados”. Disse Wapichana, a primeira advogada indígena do país.

Deixe uma resposta