Odebrecht afirma que Paes recebeu R$ 15 milhões em propina pela Olimpíada

Durante delação premiada à Procuradoria-Geral da República, Benedicto Barbosa da Silva Junior afirmou que Odebrecht fez o repasse de mais de R$ 15 milhões ao ex-prefeito do Rio Eduardo Paes (PMDB), para facilitar contratos relativos às Olimpíadas no município.

Os repasses teriam ocorrido em 2012 e documentos apresentados citam nome de possíveis envolvidos como destinatários destes valores. Outros executivos da empresa também delataram o ex-prefeito.

Anexos das declarações, constam dados de e-mails com pagamentos e agendamentos de reuniões. Em sua defesa, Eduardo Paes diz que as acusações são absurdas e nega veementemente ter recebido propina da Odebrecht.

Deixe uma resposta