Pipa é transformada em patrimônio cultural do Rio de Janeiro

Pezão sancionou a lei que declara a pipa como patrimônio cultural, histórico e imaterial do Rio. No texto da lei, ele destaca a importância histórica.
A pipa, também conhecida como papagaio em algumas regiões, se tornou patrimônio cultural, histórico e imaterial do Rio de Janeiro.

Pipa tem importância histórica

No texto da lei, sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão foi destacada a importância histórica. Além de brinquedo, o objeto já foi usado como meio de comunicação e até inspirou descobertas científicas.

O projeto foi de autoria do deputado estadual Paulo Ramos (sem partido). Ele considera que o objeto foi importante também em outros países. Apesar da lei, utilizar cerol, uma mistura de cola e vidro moído, nas pipas é crime.

Deixe uma resposta