Grupo é formado para combater roubo de cargas no Rio

A Secretaria de Segurança anunciou a criação de um grupo integrado com forças estaduais e federais para o combate ao roubo de cargas no estado.

Segundo o secretário Roberto Sá, o trabalho conjunto vai contar com representantes das polícias Civil, Militar, Federal e Rodoviária Federal. Entre outros setores da segurança, em reuniões quinzenais.

A Policia Rodoviária Federal também atua no combate ao contrabando de armas utilizadas em roubo de cargas

Até Julho, 980 pessoas já foram presas nas fronteiras do Brasil. Desde o Rio Grande do Sul até o Mato Grosso do Sul por este tipo de crime.

“A operação tem um desenho de todas as rotas que vem para o Rio como Minas e Goiás, além de Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul”. Afirmou o superintendente da PRF, José Roberto de Lima.

O presidente Michel Temer autorizou, através da Garantia da Lei e da Ordem, o uso das Forças Armadas no estado. Segundo o governador Luiz Fernando Pezão, no entanto, a execução será diferente da de outras oportunidades em que os militares estiveram no Rio.

Deixe uma resposta