Seguradoras de carro faturam com a violência no Rio

As seguradoras de carro vem crescendo com o avanço da violência no Rio de janeiro. A insegurança fez com que a cidade maravilhosa passasse a ter o seguro de carro mais caro do Brasil e ultrapassasse São Paulo.

Só em 2016, foram 41.704 roubos de carros, o maior em 25 anos. O que representa uma vítima a cada 13 minutos no Estado.  A explosão nos números geraram impacto de até 20% o custo nas seguradoras de carro.

Sindicato das seguradoras de carro aponta que a taxa de roubos em carros com seguro é de 8 a cada 10

O crescimento do número de carros roubados na Zona Sul do Rio foi de 45% em comparação a o mesmo período de 2016 apenas nesse ano.

Nas Zonas Norte e Oeste, o crescimento foi, respectivamente, de 18% e 20%. Foi o que apontou um levantamento do Bom Dia Rio da TV Globo.

De acordo com o sindicato das seguradoras, a taxa de roubos em carros com seguro é de 8 a cada 10 carros.

E isso, segundo Roberto Santos, diretor do Sindicato, entra na conta das seguradoras.

Ele disse ainda que “A seguradora especifica de acordo com o modelo do veículo, a região e o perfil do segurado. Os roubos explodiram, e por isso o preço dos seguros subiu muito”.

” Vamos partir do princípio de 100 veículos roubados por dia. Em média, 20% são recuperados, isso porque os carros são abandonados. Aqueles que ficam com os criminosos são levados para o desmanche, e também são vinculados a clones“, declarou Julio Cesar Rosa, diretor executivo da Federação Nacional de Seguros Gerais.

 

Deixe uma resposta