Smartphones podem causar depressão em adolescentes

Estudos apontam que smartphones podem causar depressão em adolescentes por falta de sono causado pelo tempo conectado no celular.

Em vez do isolamento social ou de quaisquer efeitos diretos no cérebro, as descobertas do estudo sugerem que é a falta de sono causada pelo tempo passado na internet ou jogando videogames que é a culpada.

Pesquisadores dos EUA, e de outros lugares estudaram uma pesquisa com aproximadamente três mil adolescentes entre 2014 e 2017.

O levantamento perguntou aos jovens quanto tempo eles passavam em quatro tipos diferentes de atividades envolvendo telas. Assistindo à TV, jogando videogame, enviando mensagens aos amigos em redes sociais e usando a internet. A pesquisa também os questionou sobre seus hábitos de sono e se eles haviam tido algum sintoma de depressão.

Assim como em outras pesquisas, os autores descobriram que passar mais tempo em frente a uma tela, seja ela de onde for, estava associado com um risco maior de relatar sintomas depressivos.

Smartphones e seus efeitos colaterais

A relação entre tempo em frente a telas e depressão foi explicada pela insônia ou pelo sono menor relatado pelos adolescentes. Em outras palavras, quanto mais tempo com telas alguém relatava, menos tempo elas relatavam ter dormido. O que foi então associado com maiores sentimentos de depressão.

Os resultados da equipe foram apresentados na SLEEP 2018, edição deste ano da conferência da Associated Professional Sleep Societies.

Ainda não foi realizado um estudo semelhante para saber se o resultado se repete entre os adultos. Mas, já ficou claro que é preciso educar os jovens a usarem smartphones de maneira responsável e evitar o uso excessivo.

Deixe uma resposta