Aumento na taxa de mortalidade materna no Rio

O número de mortalidade materna tem crescido nos últimos 3 anos na capital fluminense. No ano passado, 62 mulheres morreram no parto em hospitais.

Neste ano, foram registrado 28 óbitos de mulheres grávidas até o dia 19 de Maio, segundo estudo da Secretaria Municipal de Saúde da capital fluminense.

A maior porcentagem de mortalidade materna ocorre nas zonas norte e oeste, regiões mais pobres

Entre 2015 e 2016, 42,9% das mortes maternas ocorreram entre mulheres pardas, 24% entre pretas e 31% entre brancas. O risco de morte na gravidez, parto e puerpério é 3,2 vezes maior para mulheres pretas; 3,4 vezes maior para mulheres com ensino fundamental; e 2,2 com ensino médio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com