Uso excessivo do celular e os danos causados ao corpo

O uso excessivo do celular gera consequentemente a adoção de posturas inadequadas. Quanto mais fazemos isso, acontece uma tensão na musculatura do pescoço. O que pode desenvolver uma série de problemas de saúde, até mesmo respiratórios. Isso reforça o que especialistas chamam de “síndrome do pescoço de texto”.  Para especialistas, o ato de projetar a cabeça para frente faz com que essa parte do corpo pareça mais pesada. Com isso os músculos do pescoço e da coluna tem que se esforçar para sustentá-la. Contribuindo para o surgimento de doenças ocupacionais.

Uso excessivo do celular prejudica até o estômago

Com esse esforço acontece a retificação da curvatura natural da coluna, deixando o pescoço reto. Isso leva a dor no local, que pode chegar até os braços e para as mãos, a desgastes que aceleram a artrose e a cefaleias, pela compressão de terminações nervosas.

A ação de posicionar a cabeça de frente para o celular pode alterar a posição de  estruturas respiratórias localizadas no pescoço, como a traqueia, e impedir a respiração adequada. Outros riscos são mudanças no estômago e no intestino. Visto que o esôfago passa pelo pescoço. Até a irrigação do cérebro é prejudicada pela síndrome do pescoço de texto.

As pessoas que possuem enxaqueca e labirintite também podem ser prejudicadas devido ao uso extensivo do Smartphone sem atenção à postura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com