Quase metade das viaturas da PM estão paradas

A quantidade de viaturas da PM paradas por falta de matutenção é de 4 a cada 10 no Rio de Janeiro. Dados do Conselho Nacional do Ministério Público obtidos pelo jornal O DIA apontam que de 2.657 carros policiais, 990 aguardam manutenção. Isso representa 37,2% da frota.

O batalhão de Campos dos Goytacazes (Norte Fluminense) é o que mais sofre com a falta de viaturas da PM. O local que possui o maior efetivo de policiais (cerca de 335 a mais) sofre com 120 carros parados em um total de 180.

Consertos de viaturas da PM são negociados pelos próprios agentes

Outros cinco locais que estão com mais de 50% das viaturas emperradas são: Duque de Caxias , Copacabana (Rio), Magé, Resende e Belford Roxo. Outros 15 batalhões estão com mais de 40% dos carros parados.

Até novembro de 2016 a PM tinha um contrato com a CS Brasil que garantia a reposição de veículos em 48 horas caso o carro policial ficasse na oficina. Agora  os comandantes recebem uma verba da própria PM e tem que negociar com os donos de oficinas os preços e datas de entrega.

A Polícia Militar declarou que um processo de licitação para compra de viaturas já está na Casa Civil do governo do estado e aguarda aprovação. Esse contrato garante a manutenção de carros existentes e a compra de outros 750 veículos. Mas a licitação precisa de verba para ser oficializada.

Deixe uma resposta