Efetivo de policiais militares está 40% abaixo do ideal

O efetivo de policiais militares no estado do Rio está 40% abaixo do ideal. A conclusão foi obtida a partir do relatório das inspeções realizadas em maio por promotores das 39 unidades responsáveis pelo policiamento em bairros e municipios.

Atualmente são 21.526 PMs nos batalhões e o  ideal seria um total de 36.206 agentes para oferecer um patrulhamento suficiente. Isso baseado no Quadro de Distribuição de Efetivo (QDE) levando em conta o número de habitantes e a mancha criminal.

Problemas com efetivo de policiais militares é agravado com a quantidade de agentes assassinados

Contribuindo para o agravamento da situação é a redução do quadro de policiais. Em seis meses a PM perdeu 325 policiais e entre as causas estão os agentes feridos, licenciados, aposentados e mortos. Só em 2017 já foram 81 policiais assassinados.

Dos 39 batalhões, 35 estão com problemas no número de policiais. Duque de Caxias, Méier, Tijuca, Rocha Miranda e Irajá são as cinco unidades com a maior disparidade entre o QDE e todas essas regiões tiveram aumento nas taxas de criminalidade.

A cidade de Caxias teve o segundo maior índice de mortes violentas no primeiro trimestre deste ano, com 845 casos, foi o que revelou o Instituto de Segurança Pública (ISP). O município deveria ter 1.690 policiais, mas possui 781 no seu efetivo, sendo assim, falta 909 agentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *