Rio de Janeiro é o maior devedor da Federação

O Estado é o maior em número de dívidas garantidas pelo Tesouro Nacional. O Rio de Janeiro é o maior devedor da Federação.

Segundo o relatório divulgado pelo Tesouro Nacional, o governo do estado possui o saldo devedor de R$ 31,4 bilhões em operações de crédito garantidas pela União. Isso representa 14,6% do saldo devedor garantido pelo Tesouro, a frente de  Minas Gerais com R$ 20,97 bilhões (7,3%); São Paulo, com R$ 18,52 bilhões (6,4%); Bahia, com R$ 10,43 bilhões (3,6%), e Goiás, com R$ 10 bilhões (3,5%).

Esses números representam a porcentagem utilizada pelos Estados, caso deem calote. Esses créditos são para pagamento de bancos e instituições credoras dos Governos Estaduais. o ano passado, o saldo das operações garantidas pela União somou R$ 287,7 bilhões.Desse total, R$ 214,8 bilhões são usados para garantir operações de crédito. R$ 72,3 bilhões para oferecer garantias a fundos. O valor total garantido pelo Tesouro caiu 5,8% em 2016 se comparado com 2015 (R$ 305,5 bilhões).

Segundo o Tesouro Nacional, a redução foi motivada pelo pagamento da parcela principal. O dolár em queda também influenciou.

Até janeiro, os estados concentravam 73% das operações garantidas da União, com saldo devedor de R$ 156,74 bilhões. Os municípios detém R$ 14,68 bilhões (6,8%); e as entidades controladas pela União, R$ 4,81 bilhões (2,2%).

O Município do Rio de Janeiro também lidera o ranking dos municípios devedores. Pesam nas contas os empréstimos para obras relacionadas aos Jogos Olímpicos. A Cidade Maravilhosa deve R$ 6,82 bilhões, após vêm Belo Horizonte (R$ 1,11 bilhão), Manaus (R$ 842 milhões), Fortaleza (R$ 747 milhões) e a cidade de São Paulo (R$ 629 milhões).

Atualmente o Estado do Rio de Janeiro detém notas de crédito CCC-. No cenário nacional, o Estado é avaliado como ‘SD’ (default seletivo). As avaliações são da agência internacional S&P Global Ratings .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *