Crise do estado afeta vestibular da UERJ

Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) realizou ontem (16)  a primeira etapa do vestibular 2018.

O segundo exame de qualificação está programado para 17 de setembro, com inscrições entre 21 de julho a 7 de agosto.

A fase final do vestibular da Uerj é uma prova discursiva, que será aplicada no dia 3 de dezembro.

A crise do estado

A crise financeira do estado reduziu a mais da metade o número de candidatos inscritos este ano. Foram 37.393, contra 80 mil no ano passado.

O primeiro dia de exame registrou 10,38% de faltas, um pouco acima da média que oscila entre 8% e 9%.

O diretor do Departamento de Seleção Acadêmica (DSEA) da Uerj, Gustavo Krause, atribuiu o aumento de faltas não à crise, mas à saída da corporação dos bombeiros do vestibular perto do fim das inscrições. Com isso, muitas pessoas que só estavam se inscrevendo para cursar a Academia de Oficiais Bombeiros desistiram da prova.

Krause disse que mais que se concentrar nos candidatos que não compareceram, a preocupação tem de ser com as “milhares de pessoas que ainda acreditam na Uerj, na universidade pública, inclusiva, uma universidade de tradição, a despeito de toda crise do estado e do país”. “Ainda acreditam na gente”, destacou.

Fonte: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com