Tudo sobre o último dia do 2º Fórum de Educação na Bienal

A Bienal do Livro 2017 sediou o 2º Fórum de Educação, com curadoria do Canal Futura. Esta terça-feira foi último dia de debates.

O encontro aconteceu no auditório Madureira e foi mediado por Mônica Pinto, gerente de Desenvolvimento Institucional da Fundação Roberto Marinho.

Jessé Andarilho, escritor carioca, morador de Antares, contou sobre sua relação com a educação.

Jessé disse que apesar de ter reprovado 5 vezes a sétima série e, por muito tempo, não ter gostado de ler, ao ter contato com um livro com o qual se identificou teve vontade contar suas histórias.

Segundo o autor, o seu primeiro livro “Fiel”, foi escrito nas notas do seu celular durante viagens de trem.

Além de Jessé Andarilho, estava presente no debate a professora Diva Guimarães que emocionou o público com sua história de vida e sua luta contra o racismo.

“Passei por muitas situações difíceis na minha vida. Lutei para aprender, para ler e estudar. E escolhi ser professora para não deixar que façam com os meus alunos que já fizeram comigo”, disse Diva, ressaltando que o professor deve tomar cuidado com o que diz em sala de aula. “Ele é capaz de ‘destruir’ a vida de um aluno”.

O debate também contou com a participação de Angela Dannemann, Olavo Nogueira, Cleuza Repulho e Renato Noguera.

Sobre o 2º Fórum de Educação

Foram dois dias com debates sobre assuntos relacionados à área.

O tema “Juventudes e Educação”, foi conduzido por Flavia Oliveira e Tião Rocha.

Já o tema “Educação e Futuro”, contou com os convidados Jessé Andarilho e Diva Guimarães.

Alguns dos temas levantados foram a educação integral, a reforma do ensino médio, a base nacional comum curricular e as metodologias aplicadas ao trabalho com a juventude.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com