Mostra do cineasta japonês Kenji Mizoguchi no IMS Rio a partir de terça

A partir do dia 6 de março há 21 de março, o cinema IMS Rio em parceria com a Fundição Japão, dedicará a sua programação ao diretor e roteirista Japonês, Kenji Mizoguchi (1898 – 1956).

IMS RIO homenageia Kenji Mizoguchi

Fonte: Taste of Cinema

Com exibição de 18 filmes do cineasta, com cópias em 35 mm, 16 mm e DCP, a maior parte proveniente do Japão. A professora da Universidade de Quioto e especialista na obra de Mizoguchi, Chika Kinoshita, participará de uma conversa sobre o japonês com o professor José Luiz Vieira (Universidade Federal Fluminense) no dia 10 de março, após a exibição do filme Mulheres da noite, às 16h.

Além das exibições dos filmes, o professor João Luiz Vieira também ministrará um curso gratuito e aberto ao público sobre os filmes do diretor, nos dias 13, 15 e 16, às 16h.

Entre os destaques de sucesso do cineasta, estão os clássicos: A princesa Yang Kwei Fei; Oharu, a vida de uma cortesã; Amantes crucificados e Crisântemos tardios. Também terá cópias restauradas de A canção da terra natal, filme inédito no país, e de O intendente Sansho, apresentado em DCP, e filmes raros como Oyuki, a virgem e Senhorita Oyu.

No período de 1923 e 1956 (ano da sua morte), Mizoguchi realizou 86 filmes, dos quais apenas 30 foram preservados. Entre as fontes de inspiração do realizador, estão o teatro de marionetes bunkaru do século XVII e trabalhos literários de distintos momentos históricos.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO ABAIXO:

6 de março
18h
Oyuki, a virgem
de Kenji Mizoguchi
(Japão, 1935. 76′. 35 mm)

19h30
Oharu, a vida de uma cortesã
de Kenji Mizoguchi
(Japão, 1952. 148′. 35 mm)

7 de março
17h30
Elegia de Osaka
(Japão, 1936. 69′. 16 mm)

19h
A canção da terra natal
(Japão, 1925. 50′. 35 mm)

20h
Contos da lua vaga
(Japão, 1953. 97′. 35 mm)

8 de março
18h
A princesa Yang Kwei Fei
(Japão, Hong Kong, 1955. 98′. 35 mm)

20h
Os amantes crucificados
(Japão, 1954. 100′. 35 mm)

9 de março
18h
As irmãs de Gion
(Japão, 1936. 68′. 35 mm)

19h30
Crisântemos tardios
(Japão, 1939. 142′. Exibição em DCP)

Dia 10 de março
14h
Senhorita Oyu
(Japão, 1951. 96′. 35 mm)

16h
Mulheres da noite
(Japão, 1948. 71′. 35 mm)

Conversa sobre Kenji Mizoguchi após a exibição do filme Mulheres da noite,
com Chika Kinoshita e João Luiz Vieira
10 de março, sábado, às 16h
IMS Rio

20h
Rua da vergonha
(Japão, 1956. 87′. 35 mm)

11 de março
14h
A canção da terra natal
(Japão, 1951. 96′. 35 mm)

15h
Oharu, a vida de uma cortesã
(Japão, 1952. 148′. 35 mm)

18h
Contos da lua vaga
(Japão, 1953. 97′. 35 mm)

20h
O intendente Sansho
(Japão, 1954. 122′. Exibição em DCP)

13 de março
14h30
Elegia de Osaka
(Japão, 1936. 69′. 16 mm)

16h
Aula com João Luiz Vieira

18h
As irmãs de Gion
(Japão, 1936. 68′. 35 mm)

20h
Rua da vergonha
(Japão, 1956. 87′. 35 mm)

14 de março
18h
A vingança dos 47 ronins [parte 1]
(Japão, 1941. 109′. 35 mm)

20h
A vingança dos 47 ronins [parte 2]
(Japão, 1942. 109′. 35 mm)

15 de março
16h
Aula com João Luiz Vieira

18h
Senhorita Oyu
(Japão, 1951. 96′. 35 mm)

20h
Mulheres da noite
(Japão, 1948. 71′. 35 mm)

16 de março
16h
Aula com João Luiz Vieira

18h
A nova saga do clã Taira
(Japão, 1955. 108′. 16 mm)

20h
A princesa Yang Kwei Fei
(Japão, Hong Kong, 1955. 98′. 35 mm)

17 de março
14h
A vingança dos 47 ronins [parte 1]
(Japão, 1941. 109′. 35 mm)

16h
A vingança dos 47 ronins [parte 2]
(Japão, 1942. 109′. 35 mm)

18h
Os amantes crucificados
(Japão, 1954. 100′. 35 mm)

20h
Utamaro e suas cinco mulheres
(Japão, 1946. 92′. 35 mm)

18 de março
16h
A música de Gion
(Japão, 1953. 84′. 35 mm)

18h
Oyuki, a virgem
(Japão, 1935. 76′. 35 mm)

19h30
Crisântemos tardios
(Japão, 1939. 142′. Exibição em DCP)

20 de março
18h
A nova saga do clã Taira
(Japão, 1955. 108′. 16 mm)

20h
O intendente Sansho
(Japão, 1954. 122′. Exibição em DCP)

21 de março
18h
A música de Gion
(Japão, 1953. 84′. 35 mm)

20h
Utamaro e suas cinco mulheres
(Japão, 1946. 92′. 35 mm)

INFORMAÇÕES:

Ingressos
R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia).

Cliente Itaú
desconto para o titular ao comprar o ingresso com o cartão Itaú (crédito ou débito).
Ingressos e senhas sujeitos à lotação da sala.

Capacidade da sala: 113 lugares.

Os ingressos do cinema são vendidos na bilheteria do centro cultural para sessões do mesmo dia e no site.

Devolução de ingressos
Em casos de cancelamento de sessões por problemas técnicos e por falta de energia elétrica, os ingressos serão devolvidos. A devolução de entradas adquiridas será feita pelo site.

Deixe uma resposta