Previ-Rio estuda medidas para amenizar rombo nas contas

Em reunião do Conselho de Administração (CAD) do fundo previdenciário dos servidores, realizada na semana passada, a diretoria do Previ-Rio apresentou um pacote emergencial para apresentar à prefeitura e tentar salvar as contas da autarquia.

O objetivo deste pacote é amenizar o déficit financeiro. Dentre as medidas estudadas está o repasse da administração do Clube dos Servidores e da Creche Institucional Dr. Paulo Niemeyer às mãos do município. De acordo com o Previ-Rio, que administra estes órgãos, “o clube encontra-se fechado, com a segurança sendo realizada pela Guarda Municipal e a limpeza feita pela Comlurb”, e enfatizou que “há risco de contaminação da água e possibilidade de proliferação de doenças”.

Conforme apresentado no documento, atualmente o Previ-Rio tem uma despesa anual de R$ 2 milhões com o clube. Na proposta que fora apresentada, o fundo também exige indenização à prefeitura de R$ 11.7 milhões para cobrir as “benfeitorias construídas no Clube do Servidor”.

O presidente do fundo dos servidores ainda destacou que as medidas são importantes. “Acredito que este seja um começo possível e viável, para começar a tratar dos problemas atuais do fundo de previdência. Hoje, o Previ-Rio não tem, por exemplo, como arcar com o Clube, pois foi jogado indevidamente em nossas mãos por administrações anteriores”, disse Luiz Alfredo Salomão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com