Aécio Neves é denunciado por corrupção passiva e obstrução de Justiça

O senador afastado Aécio Neves foi denunciado pelos crimes de corrupção passiva e obstrução da Justiça pela PGR. A Procuradoria pede ainda autorização para investigar o tucano por lavagem de dinheiro.

O procurador-geral Rodrigo Janot denunciou Aécio ao Supremo Tribunal Federal pelos crimes. Janot acusou Aécio de solicitar R$ 2 milhões a Joesley Batista, dono da JBS e delator.

Esse valor, segundo Janot, teria sido intermediado por Frederico Pacheco (primo de Aécio) e Mendherson Souza Lima (ex-assessor do senador Zezé Perrela- PMDB/MG). Portanto, tanto Frederico e Mendherson foram denunciados também, além da irmã do parlamentar, Andrea Neves.

A denúncia, baseada em gravações da Polícia Federal, será analisada pelo ministro Marco Aurélio e julgada pela 1ª Turma do Supremo.

O crime de obstrução da Justiça, segundo Janot, se baseia na tentativa de Aécio embaraçar investigações da Lava Jato.

A defesa do senador afastado lembrou que o depoimento de Aécio e a perícia das gravações ainda não foram feitas e que são de “fundamental importância”.

O procurador-geral afirma ainda que pelas provas colhidas nas buscas da Operação Patmos é possível que haja mais crimes. Esses supostos crimes, no entanto, precisam ser melhor investigados, como o crime de lavagem de dinheiro.

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com