PF pede ao STF prorrogação em caso que investiga Dilma e Lula

A Policia Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal prorrogação no prazo do inquérito que investiga os ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva por supostamente obstruírem as investigações da Operação Lava Jato.

A investigação foi aberta pelo ministro do STF Teori Zavascki, em agosto do ano passado, após pedido do procurador-geral Rodrigo Janot, que foi baseado na delação premiada do senador Delcidio do Amaral.

Na delação, o senador acusou que Dilma e Lula teriam interesse em nomear Marcelo Navarro Ribeiro Dantas, ministro do Supremo Tribunal de Justiça, na intenção de barrar as investigações da Lava Jato e libertar empreiteiros presos.

A suposta tentativa, segundo Delcídio, teve a ajuda de José Eduardo Cardozo, ministro de Justiça na época, e do ex-ministro Aloizio Mercadante, que nega a suposta obstrução das investigações.

Dilma Rousseff tem afirmado, desde a abertura do inquérito, que em nenhum momento houve obstrução da Justiça. Já a defesa de Lula afirma que o ex-presidente jamais interferiu na Lava Jato.
Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta