INCA estima mais de 1 milhão de novos casos de câncer no Brasil

O INCA (Instituto Nacional de Câncer) e o Ministério da Saúde estimam a ocorrência de 1 milhão e 200 mil novos casos de câncer no Brasil entre 2018 e 2019.

Entre as mulheres, as maiores incidências serão de cânceres de mama, intestino e colo do útero. Já entre os homens, serão os de próstata, pulmão e intestino. O de pele, que ocorre principalmente em pessoas com pele clara, será o mais comum entre os sexos.

As informações foram divulgadas pelo INCA, no Dia Mundial do Câncer

O evento abordou também o compartilhamento de notícias falsas sobre o câncer. O debate “Fake news, saúde e câncer”, discutiu as características do fenômeno e apresentou os principais problemas causados pelos boatos. O diretor de Jornalismo do Grupo Bandeirantes de Comunicação no Rio, Rodolfo Schneider, foi o mediador do debate que contou com seis profissionais da saúde.

A nutricionista do Inca, Luciana Grucci, explica que a alimentação é o principal alvo das notícias falsas e que não há alimento milagroso para a prevenção da doença.

A pesquisa também revela que o Brasil continua a conviver com a incidência de cânceres associados a infecções. São esses: câncer do colo do útero e estômago, que possuem alto potencial de prevenção. Eles costumam ser mais incidentes em países de baixo e médio desenvolvimentos.

Deixe uma resposta