Telemedicina é alternativa para consultas durante a pandemia

A telemedicina é uma modalidade do exercício da medicina a distância por meios digitais de comunicação. Esta, permite que profissionais da saúde ofereçam consultas online enquanto durar a pandemia do coronavírus. A telemedicina é vista como benéfica por permitir atendimentos a distância para hipertensos e diabéticos, por exemplo, que precisam de acompanhamento regular e fazem parte do grupo de risco.

O exercício da medicina a distância, ou telemedicina, está regulado no Brasil pela Resolução 1.643/2002 do Conselho Federal de Medicina (CFM). Este, define a telemedicina como o exercício da medicina por meio da utilização de metodologias interativas de comunicação audiovisual e de dados, com o objetivo de assistência, educação e pesquisa em saúde.

No entanto, apenas em março de 2020, através da Portaria 467, o Ministério da Saúde reconheceu a possibilidade de serem adotadas no país, em caráter excepcional, algumas modalidades de atendimento médico a distância.

Dessa forma, excepcionalmente durante a pandemia, o documento permite a prática da telemedicina em qualquer área. Seja no atendimento pré-clínico e/ou assistencial, nas consultas, nos monitoramentos e diagnósticos.

Além disso, a telemedicina ajuda os pacientes fornecendo o barateamento de consultas. Assim, algumas plataformas oferecem consultas online por taxas mais baratas do que clínicas tradicionais, o que facilita o acesso de algumas especialidades para classes de baixa renda. Bem como, hospitais do interior ou em estados com falta de pessoal, podem adotar sistemas informatizados para obter auxílio de profissionais de grandes centros.

Ademais, a telessaúde e a telemedicina têm significados diferentes. Telessaúde abriga todo tipo de serviços e informações de saúde realizados com o uso de tecnologias de informação e comunicação. Assim, a prática contempla, por exemplo, atividades como conferências, pesquisas e capacitação profissional. Já a telemedicina é um ramo da telessaúde que se distingue, especificamente, pela realização de atendimento médico diretamente prestado ao paciente.

Deixe uma resposta