TPM: saiba como controlar o desejo por doces nesse período

As mulheres se queixam, com razão, por sentirem um desejo muito grande por alimentos doces no período que corresponde a tensão pré-menstrual, mais conhecida como TPM.
A explicação para isso é que na TPM ocorre uma redução temporária do neurotransmissor serotonina neste período e portanto o corpo busca a produção de forma natural.

Segundo os resultados de uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), 75% a 80% das mulheres já tiveram a famosa Tensão Pré-Menstrual (TPM). Para 60% delas, os sintomas chegam a atrapalhar as atividades diárias e até prejudicam o trabalho.

Porém, existem alimentos que ajudam a diminuir os sintomas da TPM e de quebra, controlam o aumento do peso neste período. O uso de alimentos ricos em L-triptofano também pode ajudar (laticínios, carnes magras, peixes, banana, amendoim e nozes e tâmaras) podem ser um parceiro nesta fase.

Saiba o que evitar comer durante a TPM

– Açúcar, doces, geleia, mel (no máximo uma vez por semana);

– Sal e condimentos;

– Embutidos (salsicha, presunto etc.) e alimentos ricos em sódio, como molho inglês e caldos de carne, que promovem a retenção de líquido;

– Alimentos industrializados e enlatados;

– Café;

– Chocolate;

– Refrigerantes;

– Bebidas alcoólicas e tudo que contenha cafeína, pois aumenta a irritabilidade;

– Alimentos ricos em gorduras saturadas, que prejudicam a circulação.

Alimentos Liberados:

– Água. Consuma bastante para evitar a retenção de líquido;

– Água de coco e chás de frutas, sem açúcar;

– Frutas, verduras, algas, leguminosas (feijão, grão de bico, ervilha, lentilha, vagem), ricos em fibras;

– Carboidratos (batata, mandioca);

– Atum, salmão, sardinha, arenque, semente de linhaça, óleo . São ricos em ômega 3, melhoram a circulação, evitando os inchaços. O consumo pode ser diário;

– Leite fermentado e derivados (iogurte natural, queijo branco, coalhada). São ricos em cálcio, melhoram o funcionamento do intestino, reduzindo a sensação de inchaço;

– Vegetais verde-escuros, que também são ricos em cálcio e diminuem as cólicas, aumentando a disposição para enfrentar a rotina diária;

– Alimentos ricos em magnésio, como figo, aveia, beterraba, alcachofra, quiabo, abacate, banana — durante a menstruação e, especialmente, nos dias que a precedem;

– Azeite de oliva;

– Castanha-do-Pará, castanha de caju, nozes, amêndoas, macadâmia, avelã e pistache;

– Faça exercício físico.

– Procure ajuda de um nutricionista para ajustes individuais.

Deixe uma resposta