Mosquitos escolhem vítimas pelo cheiro e tipo sanguíneo

Os mosquitos fazem acepção de pessoas. Não é impressão sua que os pernilongos acabam picando mais umas pessoas que outras. As vítimas são escolhidas pelo cheiro e pelo tipo sanguíneo. 

Os odores exalados pelo organismo e substâncias como gás carbônico e ácido lático são rastreados no ar pelos animais. Os quais tem antenas que funcionam como nariz. Foi o que revelou o  presidente da Associação Brasileira de Controle de Vetores e Pragas (ABCVP), o engenheiro agrônomo Rogério Catharino Fernandez.

Mosquitos escolhem temperaturas mais elevadas do corpo

O especialista diz que “Não é um cheiro específico que atrai o mosquito, mas o misto de odores emitidos por cada pessoa, que varia de indivíduo para indivíduo”.

Os mosquitos são atraídos pelo gás carbônico, eliminado na respiração. Esses insetos são atraídos por quem tem o metabolismo acelerado e quem acabou de fazer atividade física, nesses casos a produção da substância é maior. O rosto é a parte favorita do corpo para ser picado pelos mosquitos. Mas eles analisam as temperaturas mais elevadas no corpo. Elas indicam maior circulação de sangue no local.

O tipo sanguíneo O é o preferido, em especial aquelas com fenótipo secretor. Ao eliminar antígenos pelas mucosas, se gera um odor atraente para os insetos. Os mosquitos analisam as temperaturas mais elevadas no corpo, que indicam maior circulação de sangue no local.

 

Deixe uma resposta