Funcionários americanos são proibidos de fazerem trilha do Corcovado

O Consulado dos Estados Unidos no Rio de Janeiro, proibiu temporariamente, seus funcionários de utilizarem a trilha do Corcovado.

Não há um prazo determinado para o fim da restrição. Contudo, não afeta a visitação ao monumento do Cristo Redentor por outras maneiras.

Crimes na trilha do Corcovado são o motivo da proibição

A decisão foi tomada devido ao “aumento constante” dos crimes no local, segundo o consulado, em mensagem divulgada aos cidadãos americanos.

Em relação aos turistas, o consulado comunica que eles estão avisados sobre os riscos, e que cada um deve “tomar sua própria decisão” sobre fazer as trilhas.

Em dez dias, 58 montanhistas foram atacados quando percorriam os 3,8 quilômetros do caminho que leva ao Corcovado.

Deixe uma resposta