Aumento de assalto a motoristas de Uber no Rio preocupa usuários

O aumento de assalto a motoristas de Uber, tem assustado quem trabalha para o aplicativo. Por dia, cinco casos são registrados na Região Metropolitana do Rio.Na maior parte das ocorrências, o motorista está sem passageiros no carro, e são abordados de madrugada.

Em outros casos, os bandidos fazem a chamada pelo aplicativo como se fosse passageiro, para roubar o carro do motorista.

A maior parte dos registros dos roubos aconteceram na capital do Rio, seguidos de ocorrências na Baixada Fluminense e Niterói.

Para tentar proporcionar mais segurança aos profissionais, o Uber irá exigir o número do CPF do passageiro.

Antes das viagens pagas em dinheiro, o documento irá verificar a identidade do solicitante.

Deixe uma resposta