Correios vão deixar de cobrar taxa contra violência

Os correios anunciaram na última segunda-feira 22/10 o fim da cobrança extra de uma taxa no valor de R$ 3. Assim sendo, essa taxa era paga por consumidores para ser destinada a segurança de entregadores e das mercadorias entregues no estado. Entretanto a suspensão só deverá ter validade a partir da data de 16 de novembro.

A taxa extra passou a ser cobrada pelos correios em março deste ano. Desse modo o objetivo da cobrança era a destinação da mesma para segurança dos funcionários responsáveis por fazer entregas, dos centros de distribuição e das encomendas. De acordo com os correios a medida foi necessária em virtude do alto número de crimes, em especial o roubo de cargas.

Após pedido feito pelo secretário de segurança do estado, o presidente dos correios, Carlos Roberto Fortner, determinou a suspensão.

Correios cancelam taxa com base em estatísticas do ISP

O cancelamento da “taxa de violência”, como ficou conhecida, baseou-se em uma estatística do Instituto de Segurança Pública (ISP). De acordo com o Instituto, o roubo a carteiros que trabalham a pé reduziu em 92% no estado. Isso, em comparação entre setembro deste ano a setembro de 2017. Na ocasião, quando foi avaliado o índice de roubos a carteiros motorizados, a queda foi de 60% no mesmo período.

O ISP também divulgou que setembro deste ano apresentou o menor número de roubos de carga desde setembro de 2015. Dessa maneira foram registrados ao todo 577 roubos de carga.

Deixe uma resposta