Emergência RJ: Aplicativo alertará sobre operações policiais

O Emergência RJ é um aplicativo voltado para denúncias de crimes eleitorais, além de outras ocorrências desde 2016 ganhará uma nova versão até o final do ano. A novidade é que o usuário passará a receber o alerta via celular sobre operações policiais na área onde este for localizado.

De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), o desenvolvimento da nova função ficará a cargo de programadores que fazem parte da equipe de Superintendência de Tecnologia da Informação e Comunicação da Secretaria de Segurança, no Centro Integrado de Comando e Controle.

Conforme esclarece o superintendente de tecnologia da informação e comunicação da Seseg Rodrigo Xavier: “A nova função permitirá ao cidadão ficar informado sobre operações policiais, próximo de sua localização. Esse serviço é um serviço público de qualidade para a população fluminense.”

Emergência RJ foi desenvolvido através de parcerias

O Emergência RJ foi desenvolvido no ano de 2016 através de parcerias entre a Seseg, CICC, e a Startup Nearbee, para denúncias sobre crimes eleitorais. As denúncias recebidas são encaminhadas para o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ).

Desse modo o anonimato é garantido, o aplicativo também recebe as demais ocorrências criminais feitas a central do 190. No entanto, serão mantidas as atuais funções do aplicativo disponível para download na Apple Store e no Google Play.

A princípio, ao fazer download do app, o usuário deverá preencher os dados cadastrais e validar uma conta de e-mail ou Facebook, permitindo uma identificação instantânea. Ainda assim, apesar do cadastramento, a denúncia contra qualquer crime eleitoral chegará com anonimato a central do 190 e depois será encaminhada ao TRE.

O projeto do aplicativo foi selecionado na categoria Utilidade Pública/Inclusão Social como finalista do prêmio tela viva móvel 2017. Esse prêmio é considerado o mais importante e tradicional seminário sobre o mercado brasileiro de conteúdo.

 

Deixe uma resposta