Festa de separação vira pesadelo no Rio

Uma festa de separação que tinha tudo para ser diferente e descontraída se tornou um pesadelo para Tatiana Araújo (32). Isso porque um vídeo da festa feita por ela bombou na internet e o caso ganhou grande repercussão.

Agora o que ela não esperava era que um mês depois, seu ex-marido, Egneudo da Rocha Rodrigues, de 41 anos, fosse até a casa dela, na última terça-feira (28), e a agredisse. O casal que tem duas filhas, uma de 16 e outra de 13, ficaram juntos por 18 anos.

Ex-marido, que se rebelou contra festa de separação, já tinha histórico de violência

De acordo com Tatiana “Ele veio irado e derrubou meu portão com chutes. Quando vi que ele ia me agredir, tentei fazer uma transmissão ao vivo nas redes sociais, mas ele deu um tapão e o celular voou”. Foi o que ela disse ao Meia Hora.

A vítima acredita que a repercussão do vídeo estimulou a ira do ex. “Não tinha nada dele no vídeo. Eu só quis expôr a minha felicidade, mas ele ficou revoltado”, contou ela.

Tatiana foi a um posto de saúde e depois se encaminhou para à 27ª DP (Vicente de Carvalho) para prestar queixa. A agressão não é uma novidade para ela, já havia acontecido agressão quando eles moravam juntos, mas sem denúncia.

Ela foi a um posto de saúde e depois se dirigiu à 27ª DP (Vicente de Carvalho) para prestar queixa. Tatiana contou que já havia sido agredida pelo ex quando ainda moravam juntos, mas não denunciou.

“Vou ter que ajeitar o portão da minha casa. Quero segurança, não sei o que ele pode fazer”, disse. A vítima publicou vídeos no Facebook enquanto estava no posto de saúde e recebeu vários comentários de vítimas de agressão.

Deixe uma resposta