Moradores de rua se abrigam em teto da estação do BRT

Os moradores de rua já estão abrigados no teto da estação Santa Luzia, no corredor Transcarioca, há duas semanas. A denúncia foi feita pelos próprios funcionários do BRT e até agora o consórcio não fez nada. Ainda tem o caso constante de furtos de cabos da estação, localiza em Ramos.

Devido a presença dos moradores de rua, os funcionários não consomem mais a água do local. Isso porque os moradores estariam usando a caixa d`água para tomar banho e lavar pertences. Um terminal de autoatendimento já parou de funcionar.

“Agora, por causa da continuação dos furtos dos cabos, o sistema da bilheteria da entrada da plataforma expresso ficou fora do ar, os monitores com os horários dos veículos que ficam no lado parador foram desligados e mais uma máquina de autoatendimento parou de funcionar”, denuncia um funcionário ao jornal O Dia.

Deixe uma resposta