Mulher cai em bueiro e aguarda uma hora por socorro

Uma mulher caiu em um bueiro que estava com a tampa quebrada. O caso aconteceu na Rua Morrinhos em Campo Grande na Zona Oeste do Rio. A Vítima ficou aguardando socorro por cerca de uma hora e meia.

A dona de casa Adriana Guimarães Pinheiro passava em frente ao número 97 da rua, quando caiu no bueiro que estava parcialmente quebrado. O acidente ocorreu quando Adriana estava indo ao salão de beleza com a irmã.

Por consequência da falta de ambulância no quartel de Campo Grande, Adriana conta que foram os Bombeiros dos quartéis de Realengo e Santa Cruz que fizeram o socorro e a levaram para o Hospital Municipal Rocha Faria.

Mulher relata mais problemas ao chegar ao Hospital

De acordo com Adriana, no Hospital Municipal Rocha Faria, não havia macas. Por isso, ela teve que aguardar atendimento na maca dos Bombeiros. Além disso nenhum ortopedista fez o atendimento e a receita médica. Já as orientações médicas e o atestado médico foram passados por um enfermeiro.

Responsável pela administração da unidade hospitalar, a RioSaúde informou que a paciente foi atendida pelo médico cirurgião de plantão que, após avaliação, a encaminhou para o serviço de ortopedia.

Segundo a nota, “Adriana foi então atendida pela médica ortopedista de plantão que, após avaliação, solicitou exames radiológicos. A paciente então, após prescrição médica, realizou exame radiológico da perna direita, joelho direito e da bacia. E que após a realização dos exames foi novamente avaliada pela médica ortopedista de plantão, sendo em seguida liberada com prescrição médica e orientações.”

De acordo com a Secretaria de Conservação e Meio Ambiente (Seconserma), o serviço de desobstrução nos bueiros da cidade é feito diariamente. A Seconserma informa ainda que fará vistoria nos locais para programar o serviço de reposição das grelhas dos bueiros.

Deixe uma resposta