ONU se manifesta após morte do menino Marcos Vinícius

A ONU, no Brasil, manifestou-se nessa última terça-feira, dia 26, sobre a morte do adolescente Marcos Vinícios, baleado no Complexo da Maré.

Na última quarta-feira, dia 20, o adolescente Marcos Vinícius, de 14 anos,  foi baleado durante tiroteio na Maré. Infelizmente o jovem não resistiu e faleceu horas depois.

Segundo o G1, o menino foi atingido na barriga por uma bala perdida, enquanto uma operação acontecia dentro do Complexo da Maré.

A polícia realizou uma ação contra traficantes e o tiroteio ocorreu durante operação das forças de segurança. Dessa forma, segundo informações, 6 suspeitos foram mortos.

ONU apresenta campanha “Vidas negras”

A ONU (Sistema das Organizações das Nações Unidas), se manifestou sobre a morte do meninio, na ultima terça.

A Organização lamenta a tragédia e, segundo seus representantes, ele é um exemplo do absurdo de 31 mortes de crianças e adolescentes que acontece diariamente, no Brasil.

Segundo a ONU: “Em 2015, 11.403 meninos e meninas de 10 a 19 anos foram vítimas de homicídio no país – maior número absoluto de homicídios de adolescentes no mundo. Os adolescentes negros estão três vezes mais vulneráveis a mortes violentas em comparação com os brancos na mesma faixa etária”.

Dessa forma, a campanha denominada “Vidas negras”, foi lançada com o intuito de dar fim ao racismo e a violência letal contra população negra no país.

De acordo com órgão, essa campanha foi lançada no mês da consciência negra, em 2017. Contudo, ela tem como objetivo ampliar junto aos diversos setores medidas para sanar de vez essa questão.

Embora ainda exista muita coisa a ser mudada, medidas como essa devem ser respeitadas e seguidas.

Saiba mais:
Morre adolescente baleado na Maré

Prefeitura do Rio resolve blindar escolas em áreas de risco

Deixe uma resposta