Erros e falhas hospitalares matam 6 pessoas por hora no BR

Os erros e falhas hospitalares resultam em morte de 6 pessoas a cada hora no brasil por eventos adversos graves”. Eles são causados por erros, falhas assistenciais ou processuais ou infecções em hospitais brasileiros.

Dessas mortes, quatro poderiam ser evitadas com a realização dos procedimentos corretos. Assustadoramente, os números se aproximas das estatísticas da violência. Sendo  sete mortes intencionais por hora, segundo o Anuário Brasileiro de Violência Pública, divulgado no último dia 9, no Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O 2º  Anuário da Segurança Assistencial Hospitalar analisou dados de 182 hospitais públicos e privados, ligados a 2017.  O estudo revelou 54.760 mortes foram causadas por “eventos adversos graves”, e 36.170 delas poderiam ter sido evitadas.

Na lista dos eventos graves mais identificados estão  infecção generalizada, pneumonia, infecção do trato urinário, infecção no local da cirurgia, complicações com acessos, dispositivos vasculares e outros dispositivos invasivos, escaras, erro no uso de medicamentos e complicações cirúrgicas, como hemorragia e laceração.

 

Deixe uma resposta