Um homem foi morto ao entrar por engano em local dominado pelo tráfico

Um homem foi morto enquanto estava a serviço da Companhia de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (CEDAE). Ele foi baleado em São Gonçalo e não resistiu.

Dois funcionários serviço da CEDAE, foram realizar uma interrupção nos serviços de água na última quarta-feira, dia 25. Dessa forma, eles foram até uma residência localizada em São Gonçalo, região Metropolitana do Rio.

Segundo o G1, os dois funcionários chegaram no local em uma moto e entraram na Comunidade do Eucalipto, em Maria Paula.

Um homem foi morto na Comunidade do Eucalipto

De acordo com informações, os traficantes armados pediram para que eles parassem com a moto. No entanto, eles não obedeceram e foram alvejados pelos bandidos. Um dos rapazes foi atingido com 2 tiros e não resistiu.

A Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo segue investigando o caso.

Saiba mais:
Duas pessoas acusadas de estelionato, são presas no Rio
Suspeito de clonar veículos no Rio, é preso em Honório Gurgel
Corpo de PM carbonizado em São Gonçalo

Deixe uma resposta