UPP na Baixada Fluminense será desativada após 3 anos

Única UPP existente na Baixada Fluminense chegará ao fim, segundo a Polícia Militar. Dessa forma, a decisão foi tomada por conta de uma reformulação que está acontecendo dentro do Projeto de Polícia Pacificadora. A UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Mangueirinha, foi inaugurada no dia 07 de Fevereiro de 2014. A instalação do projeto, tinha o intuito de trazer segurança e tranquilidade para os moradores da Baixada Fluminense.

Segundo informações da PM, após inauguração da sede, muitos serviços começaram a acontecer ali na localidade. Antes, por conta do  tráfico e da violência, não era possível realizar ações básicas, como a simples coleta regular de lixo.

Segundo dados do IBGE, ela atendia cerca de 22 mil pessoas de 5 comunidades. São elas: Mangueirinha, Pedra do Sapo, Corte 8, Santuário e Centenário.

UPP Mangueirinha será desativada

Com a desativação da Unidade de Polícia Pacificadora Mangueirinha, a responsabilidade pelo policiamento e segurança, agora, é do Batalhão de Duque de Caxias.

Segundo informações do G1, a decisão de interromper a ação da única UPP da Baixada Fluminense, fez parte de uma ação de reestruturação do projeto para melhorar o funcionamento do policiamento chamado ostensivo.

Vale ressaltar que essa medida foi firmada, após a Polícia Militar transformar as UPPs do Jardim Batan e Vila Kennedy em companhias destacadas.

Saiba mais:
Falta de policiais militares nas UPPS chega a quase 600

Quatro suspeitos foram presos, por policiais da Unidade de Polícia Pacificadora Mangueirinha

Deixe uma resposta