A obesidade no Brasil vai além do dobro nos últimos anos

O número de jovens obesos mais que dobra em uma década no Brasil. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde; país gasta mais de R$16 bilhões por anos para tratar dos problemas relacionados ao excessos de peso.

Os jovens são os mais afetados quando o assunto é obesidade, embora o aumento do sobrepeso e da obesidade se tenha em todas as faixas etárias. O número dos obesos de 18 a 24 anos foi além do dobro em 11 anos.

A preocupação na faixa etária mencionada não é só pelo avanço com que isso vem ocorrendo, mas também pelas consequências. Quanto mais cedo os jovens ficam acima do peso, maior o risco de desenvolvimento de doenças.

Aumento de gastos para o SUS

O sistema de saúde já sente financeiramente o impacto expressivo. O valor calculado é de que o país gaste certa de R$16,9 bilhões por ano com tratamentos relacionados a obesidade, alguns exemplos são asma, hérnia de disco e distúrbios cardiovasculares.

O diabetes, por exemplo, vem crescendo de forma expressiva. Entre os anos de 2006 e 2017, subiram para 49% os registros entre a população de 25 a 34 anos.

A população masculina é a mais afetada. Em todas as capitais e no Distrito Federal, mais de 50% dos homens estão acima do peso. Já as mulheres, não ficam tão distantes dos dados masculinos, em 12 estados, mais da metade têm excesso de peso.

 

Deixe uma resposta