Acordo de cooperação em ciência e tecnologia é assinado por Brasil e Argentina

Na primeira semana do mês de agosto foi assinado um acordo de cooperação em ciência e tecnologia, entre Brasil e Argentina. A fim de fechar parcerias nas áreas da ciência, tecnologia e inovação pelos próximos cinco anos. O documento foi assinado entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Produtiva da Argentina e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

O acordo foi firmado durante a primeira reunião do Comitê Executivo Brasil-Argentina em Ciência, Tecnologia e Inovação. Estabelecendo o lançamento de chamadas públicas conjuntas, apoio a projetos de pesquisa, intercâmbio de pesquisadores e estudantes. Além do apoio a organização de seminários, para promover a interação entre instituições relevantes, além de intercâmbio de informações.

“Em conjunto, vamos encontrar soluções, formar melhor nossos recursos humanos e dar importantes respostas que a humanidade precisa”, disse o ministro brasileiro Gilberto Kassab em nota oficial.

Já o ministro argentino, Lino Barañao, deixou explícito que o acordo de cooperação em ciência e tecnologia é fundamental. O acordo tem benefícios para as duas nações, bem como para o mundo. “Não há outro caminho que a aplicação da tecnologia para obter uma produção agrícola sustentável. Os empregos do futuro estão associados às tecnologias, à criatividade e à educação”, disse o ministro.

Acordo de cooperação em ciência e tecnologia é assinado por Brasil e Argentina
Foto: Divulgação

O documento prevê projetos de interesses tanto para o Brasil quanto para a Argentina, com ênfase em energias renováveis, meio ambiente, agroindústria, bioeconomia, saúde, oceanografia, tecnologias da informação, biotecnologia e nanotecnologia.

Acordo de cooperação em ciência e tecnologia incentiva relançamento de projeto

Foi anunciado ainda o relançamento das atividades do Centro Brasileiro-Argentino de Nanotecnologia, que haviam sido “pausadas”. O projeto é uma parceria entre os dois países, com a participação do Uruguai, desde 2011.

Em 30 anos de atuação, já foram oferecidos 442 cursos. E durante todo o projeto mais de 5 mil pessoas já foram capacitadas pelo centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *