Caixa bloqueia contas por suspeita de fraudes

A Caixa anunciou no último dia 21 que foram bloqueadas centenas de milhares de contas digitais do aplicativo Caixa Tem, utilizado tanto para o recebimento do auxílio emergencial quanto para a movimentação do FGTS. O número exato de contas atingidas não foi divulgado.

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, informou o bloqueio de contas de “centenas de milhares” de pessoas por identificação de fraudes no auxílio emergencial de 600 reais.

Com a implementação rápida que tivemos que fazer para distribuir o auxílio lá no começo, sobraram algumas brechas de segurança. Em maio, em uma janela de dez dias, hackers acessaram milhares de contas. Identificamos todas e já corrigimos os problemas. E, pessoas honestas tiveram suas contas bloqueadas porque tivemos que “salvar” o dinheiro público”, afirmou o presidente da Caixa ao site InfoMoney.

Problemas são frequentes no app da caixa

Além das constantes indisponibilidades do sistema da Caixa Tem, o app também tem sido alvo de ataques. E, as autoridades perceberam, por exemplo, uma campanha que mobilizou bots para executar disparos de mensagens em massa com conteúdo enganoso de que o aplicativo apresentava problemas para a visualização do saldo do benefício.

Em junho, foi identificado um esquema criminoso que disparava e-mails falsos com a informação de que a Caixa teria mudado o aplicativo de pagamento do auxílio. O golpe imitava elementos visuais de mensagens institucionais do banco para solicitar o recadastramento de usuários em uma plataforma falsamente associada ao programa. Os e-mails eram elaborados para despertar a sensação de urgência na atualização dos dados. Nas mensagens estavam ameaças de que se o procedimento não fosse realizado, o internet banking e o aplicativo Caixa Tem do usuário seriam bloqueados.

Deixe uma resposta