Claro anuncia implantação da primeira rede 5G no Brasil

A Claro anunciou no último dia 2 a implantação da primeira rede comercial com a tecnologia 5G no Brasil. Fornecida pela Ericsson, a nova ferramenta utiliza frequências que já detinha nas gerações anteriores de redes de celular, aplicando o compartilhamento dinâmico de espectro (DSS, na sigla em inglês) para gerenciar a rede entre diferentes tecnologias.

A chegada do 5G DSS permite oferecer uma primeira experiência com a quinta geração das redes móveis, utilizando tudo que temos investido e que já está disponível hoje. A Claro tem uma infraestrutura estado de arte, que já oferece o 4.5G mais rápido do país. E, agora sai na frente oferecendo uma migração gradativa e transparente para o 5G”, explica José Félix, presidente da Claro, para o site Tecmundo.

A promessa da operadora é que os smartphones com 5G experimentem conexões 12 vezes mais rápidas que o 4G convencional.

A Claro diz que os investimentos feitos para implantar o 5G com as frequências atuais serão “automaticamente aceleradores da implantação definitiva do 5G, com a posterior adição do espectro de 3,5 GHz e das faixas de onda milimétricas”. Isso, contando com as frequências previstas no leilão de 5G, que deve ocorrer só em 2021. A operadora lembra que o espectro licitado terá bandas mais altas (3,5 GHz e 26 GHz) e, por isso, precisará de maior quantidade de antenas. 

A cobertura será focada em certas regiões neste plano inicial. Porém, a tele informa que a cobertura “crescerá gradativamente nos próximos anos“. De acordo com a Claro, a implantação da rede será detalhada na próxima semana. A mesma, vai incluir informações sobre cobertura inicial e o início das vendas do aparelho. A capital São Paulo está nesta primeira etapa.

Para a Claro, enquanto o Brasil não ter mais espectro, mais antenas e uma nova topologia de rede, a chegada do 5G DSS, utilizando frequências e topologia de redes atuais, ajuda a acelerar a implantação da quinta geração das redes móveis.

Deixe uma resposta