WhatsApp Pay: entenda o que é e como funciona a nova ferramenta

O WhatsApp Pay, nova função do WhatsApp, chegou ao Brasil na última segunda-feira (15). A ferramenta permite que usuários façam transferência de dinheiro, bem como compras, por meio do aplicativo de mensagens. Assim sendo, a função será disponibilizada gradualmente aos usuários ao longo do ano.

A princípio, as transações do WhatsApp Pay poderão ser feitas usando cartões de débito ou crédito de instituições financeiras parceiras. Inicialmente, a lista inclui Banco do Brasil, Nubank e Sicredi com as bandeiras Mastercard e Visa.

os pagamentos serão processados pela Cielo e não preveem custos para consumidores e pessoas físicas. Entretanto, empresas terão de arcar com uma taxa por transação recebida.

Segundo Matt Idema, diretor de operações do WhatsAppa expectativa é ajudar a impulsionar as vendas das pequenas empresas. “O pagamento digital torna as vendas mais fáceis e convenientes, especialmente agora, com o isolamento social“, disse.

A função de pagamentos funcionará por meio do Facebook Pay. Segundo Idema, o lançamento abre caminho para que, no futuro, usuários brasileiros também possam fazer transações por outros aplicativos da empresa, como o Messenger.

Como funciona as transferências no WhatsApp Pay

Os valores transferidos entre pessoas físicas transitam diretamente entre contas bancárias ou partem do cartão de crédito de quem paga para a conta bancária de quem recebe. Já no caso das empresas, é preciso registrar uma conta com a processadora de pagamentos Cielo ou utilizar um cadastro existente.

Cada transação realizada deverá ser liberada com uma senha (PIN) ou por biometria. E, segundo o WhatsApp, o mecanismo garante que nenhuma ação seja realizada sem o consentimento do usuário, mesmo que o smartphone seja perdido ou roubado.

Segundo o diretor de operações do WhatsApp, Matt Idema, o objetivo é continuar aumentando o número de instituições parceiras para levar a ferramenta a mais usuários. “O Brasil é um grande e importante mercado. Queremos ajudar mais pessoas a aderir aos serviços de pagamento digitais e aumentar a consciência sobre eles“, destacou.

Ademais, o WhatsApp reforçou que o aplicativo não processa ou armazena os pagamentos e transferências, ou seja, não funciona como uma conta digital ou carteira virtual.

Deixe uma resposta