Cidadania

'Ação legítima', diz Witzel sobre mortes investigadas no Fallet

Aline Carvalho
Escrito por Aline Carvalho em 14 de fevereiro de 2019
'Ação legítima', diz Witzel sobre mortes  investigadas  no Fallet

O governador Wilson Witzel utilizou as redes sociais nesta quarta-feira (13) para afirmar, ao lado do Coronel Figueredo, secretário estadual de Polícia Militar do Rio, que a ação do Choque que terminou com 13 suspeitos mortos, nove numa casa, no morro do Fallet-Fogueteiro, foi legítima.

Witzel voltou a falar em “rigor” para combater o crime organizado e se antecipou mesmo à investigação da Polícia Civil. Ainda está sendo apurado se houve de fato crime de execução por parte dos PMs nessa ação.

“Quero reafirmar aqui a minha confiança na Polícia Militar (…). O que aconteceu no Fallet-Fogueteiro foi uma ação legítima da Polícia Militar. Agiu para defender o cidadão de bem. Não vamos mais admitir qualquer bandido usando armas de fogo. Seja de grosso calíbre, fuzis, pistolas, granadas, atentando contra a nossa sociedade. Vamos continuar agindo com rigor.” Disse o governador no vídeo.

Numa outra publicação, feita no Twitter, Witzel reafirma a legitimidade da ação e volta a falar em “narcoterrorismo”.

Procurado, o diretor da Delegacia de Homicídios, que investiga o caso, Antônio Ricardo, afirma que, apesar de os cinco inquéritos ainda estarem abertos, a Polícia Civil, numa perícia preliminar já acredita que não há conflito entre o que foi dito pelos Policiais Militares em depoimento e o que foi encontrado nas cenas do crime. Assim, o secretário estadual de Polícia Civil, Marcus Vinícius, decidiu não se manifestar.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”