Acidentes de trabalho na Light reduzem em 54%

Os acidentes de trabalho na Light, concessionária de energia do Rio de Janeiro, reduziram em 54% após a empresa adotar uma série de medidas preventivas ao novo coronavírus. Entre as medidas estão o afastamento social, fornecimento de álcool gel, protetor facial, máscara de proteção e home office para toda área administrativa.

Com a ajuda de um especialista em infectologia, que trabalha em conjunto com o corpo de profissionais de saúde e segurança do trabalho da empresa, a Light adotou medidas preventivas para diminuir os riscos de contaminação, além de cuidados diários para reduzir o número de acidentes de trabalho.

Técnicos que atuam na linha de frente das operações diárias, que são 70% do total de colaboradores da empresa, receberam visitas de profissionais em segurança do trabalho. Nas inspeções são observadas as atuações dos profissionais, o que permite corrigir condutas inseguras e fora do padrão. Os mesmos, recebem também informações sobre atitudes positivas que devem ser tomadas no dia a dia. Em cinco meses, mais de 7 mil inspeções já foram realizadas.

Em nota, o Gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da empresa, Fernando Jardim, afirmou que todos os esforços permitem melhores condições de trabalho.

A soma de todos esses esforços tem origem num trabalho integrado entre a áreas de segurança do trabalho e de negócios, com apoio da diretoria da empresa, que permite a adoção de recursos técnicos, melhores práticas de mercado e condições adequadas de trabalho para nossos eletricistas e técnicos.”

Entre as medidas de segurança também estão o afastamento dos que integram o grupo de risco, regime de turnos especiais; higienização de ambientes e utensílios, desinfetante (kit higiene), apoio psicossocial e equipe médica dedicada ao monitoramento e tratamento.

Deixe uma resposta