Cidadania

Auxílio Emergencial 2021 será em média de R$250, diz Paulo Guedes

Bruno Albuquerque
Escrito por Bruno Albuquerque em 10 de março de 2021
Auxílio Emergencial 2021 será em média de R$250, diz Paulo Guedes

O ministro da Economia Paulo Guedes afirmou nesta última segunda-feira (8) que o auxílio emergencial 2021 ficará entre R$175 e R$375. A definição do valor dependerá da condição de cada família, entretanto, Guedes relata que o valor em média será de R$250. O projeto foi aprovado pelo senado mas ainda deve passar pela câmara dos deputados para ser oficializado.

A nova rodada do auxílio emergencial ajudará milhões de brasileiros que foram afetados pela pandemia de Covid-19. Em 2021, a previsão é de que 40 milhões de pessoas receberão o auxílio. Com isso, o número será menor que no ano passado, quando calculasse que mais 60 milhões de brasileiros foram beneficiados.

Como funcionará o Auxílio Emergencial 2021?

O benefício tem com objetivo ajudar os trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados. Paulo Guedes, ministro da economia, disse em entrevista coletiva no Palácio do Planalto que o valor modificará em sintonia com os integrantes da família. Veja como ficará a relação dos valores:

  • Famílias com apenas de um integrante receberão o valor de R$175.
  • Com dois ou mais integrantes receberão o valor de R$250.
  • Famílias Monoparentais chefiadas por mulheres receberão R$375.

Segundo Guedes, as regras do auxílio foram criadas e regulamentadas pelo Ministério da Cidadania após receber os parâmetros da pasta de econômica.

O que dizem os especialistas?

O valor do auxílio emergencial é discutido por especialistas desde das primeiras previsões do benefícios. Segundo Anderson Luiz Pereira, assistente social do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), a maioria dos beneficiados são aqueles que estão em vulnerabilidade social, a maioria desempregados, de maneira que até o teto de R$375 seja baixo.

Anderson também crítica a possibilidade de apenas os que receberam em 2020, recebam em 2021. Ele afirma que muitos ficaram desempregados durante a pandemia e deram entrada no seguro desemprego, contudo atualmente ficaram sem nenhuma renda.

Data de Pagamento

No momento, não existe previsão para o pagamento e nem a quantidade de parcelas da ajuda. Arthur Lira, presidente da câmara, tem expectativa que até quarta-feira (10), o texto seja aprovado.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”