Cidadania

Clonagem de Whatsapp atinge 377 mil pessoas por mês

Suellen Christine Sales da Silva
Escrito por Suellen Christine Sales da Silva em 29 de setembro de 2020
Clonagem de Whatsapp atinge 377 mil pessoas por mês

A clonagem de Whatsapp atingiu 377 mil pessoas no mês de agosto. Em média, 12 mil brasileiros foram afetados por dia pelo golpe. Os dados são referentes a um levantamento sobre o cenário da cibersegurança no Brasil. Este realizado por um laboratório especializado em segurança digital da PSafe.

Segundo o relatório da divisão da PSafe, os casos de clonagem de WhatsApp cresceram 90% em relação ao mês de janeiro de 2020. O estudo mostra São Paulo como o epicentro dos ataques, com 68.5 mil afetados, seguido pelo Rio de Janeiro, com 41.4 mil, e Minas Gerais com 28.2 mil. 

O golpe de clonagem do WhatsApp se aproveita da ingenuidade do usuário para conseguir acesso ao aplicativo e informações. “Os golpistas se aproveitam de temas em alta na mídia, como o próprio coronavírus, para criar estratégias e enganar as vítimas”, explica Emilio Simoni, diretor do laboratório especializado em segurança digital.

Os golpistas ligam ou enviam mensagens para o usuário visando conseguir o código de verificação do aplicativo. Além disso, oferecem serviços gratuitos para a vítima. “Os golpistas criam perfis fakes nas redes sociais se passando por estabelecimentos comerciais como lojas, hotéis e restaurantes, convidando para participar de uma suposta promoção ou alegando que ele teria sido contemplado em um sorteio“, completa Simoni.

Quando conseguem o acesso ao WhatsApp do usuário, os criminosos se passam pela vítima e pedem dinheiro para os contatos listados nas mensagens recentes. “O mais comum é que os golpistas solicitem empréstimos e o pagamento de contas”, pontua o diretor Simoni.

Ademais, para não ser vítima da clonagem do WhatsApp, é necessário ficar atento para ofertas tentadoras. Além de evitar o compartilhamento de informações como o código PIN do WhatsApp. Bem como, manter a autenticação em duas etapas ativada, também garante segurança extra durante o uso do aplicativo.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”